Relatório nº 01/2013, encalhe do navio “Merle”

Imprimir

 

  • Data do acidente: 19 de janeiro 2013
  • Tipo de navio: Navio de comércio / Carga geral
  • Classificação do acidente: Grave
  • Resumo: No dia 19 de janeiro de 2013, pelas 0830, o navio mercante “Merle” encalhou na Praia da Torreira, Aveiro, quando fazia uma viagem do fundeadouro de Vivero Bay, Espanha, para Lisboa, para reabastecer e seguir para Huelva como destino final. Deste acidente não resultaram mortos nem feridos, apesar de ter havido inicialmente suspeita de ferimentos no engenheiro do navio. Também não houve quaisquer danos ambientais.

 

Recomendações de Segurança:

a)      À Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM):

“Recomenda-se que a Autoridade Nacional de Controlo de Tráfego Marítimo (ANCTM) instrua o Centro de Controlo do Tráfego Marítimo do Continente (CCTMC) para elaborar procedimentos que obriguem a fazer uma melhor avaliação de situações como a que sucedeu com o navio “Merle” e que obriguem o CCTMC a acompanhar o desenrolar destas situações mesmo tendo passado o controlo da situação para um centro local.”

    • Resposta a 5.2.2014

b)     À DGRM e à Autoridade Marítima Nacional (AMN):

“Recomenda-se que a ANCTM e a AMN estabeleçam procedimentos de interação entre o CCTMC, os centros locais de controlo de tráfego e os órgãos e serviços locais da Autoridade Marítima com vista a que navios em dificuldade (que solicitem ou não um local de refúgio ao abrigo do estabelecido no Decreto-Lei n.º 52/2012, de 7 de março, que transpôs a Diretiva 2009/17/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 23 de abril de 2009) possam ser acompanhados e aconselhados em termos de navegação sob mau tempo, logo que entrem no mar territorial.”

    • Resposta a 5.2.2014 (da DGRM)

c)      À Direção-Geral da Autoridade Marítima (DGAM):

“Recomenda-se que a DGAM instrua as capitanias dos portos e os comandos locais da Polícia Marítima no sentido de elaborarem procedimentos que regulem a interação com o CCTMC e com os centros locais de controlo de tráfego no que respeita à autorização para os navios fundearem nos fundeadouros exteriores dos portos sob responsabilidade da Autoridade Marítima. Estes procedimentos devem, entre outros aspetos que a Autoridade Marítima Local considere relevantes, ter em conta as caraterísticas dos navios, a condição dos navios em termos de eventuais avarias ou dificuldades para navegar e as condições de tempo e mar nas proximidades do fundeadouro.”

    • Sem resposta à data

 

ligação ao portal do Governo

Contactos:

GAMA - Gabinete  de Investigação de Acidentes Marítimos e da Autoridade para a  Meteorologia Aeronáutica


Telefone geral : (+351) 218 447 069

Telefone 24 horas : (+351) 967 852 458

Rua C do Aeroporto
1749-077 LISBOA - PORTUGAL
e-mail: gama@gama.mm.gov.pt

Copyright © 2019 GAMA.
top